Os 5 Ritos Tibetanos

Há muitos anos atrás – mais especificamente no ano de 1939 – um livro chamado “A Fonte da Juventude” compartilhou com o mundo uma parte da sabedoria milenar do Tibete: os 5 Ritos Tibetanos.

Estes simples exercícios corporais – chamados por eles, ritos – são afirmados como sendo capazes de ativar e equilibrar os 7 chacras do corpo físico, que em contrapartida ajudariam a reverter ou prolongar o processo de envelhecimento, trazendo uma maior sensação de vitalidade e rejuvenescimento.

Atualmente a ciência só consegue nos dar uma clareza limitada da veracidade dos chacras e de sua poderosa potência para melhorar a saúde física e mental. Actualmente já se consegue identificar uma relação entre os 7 vórtices de energias (chacras) com as 7 glândulas que temos no corpo físico, que são de extrema importância para o funcionamento do organismo humano, sendo responsáveis pela produção e gestão de hormonas e substâncias essenciais, pelo crescimento, reprodução, sono, e até hormonas referidas como de anti envelhecimento e anto-inflamação.

Entretanto, apesar da ciência ainda não comprovar tal processo energético, até hoje há diversos relatos de pessoas que dizem ter-se beneficiado muito com a prática diária dos 5 ritos, trazendo-lhes uma maior flexibilidade, diminuição de dores nas articulações, controle de ansiedade, maior equilíbrio mental, mais energia, vigor, disposição e força muscular. Outros relatos sugerem uma melhoria geral de saúde, melhoria no sono, diminuição de dores de cabeça e de enfermidades comuns, como alergias, problemas respiratórios e digestivos.

Como fazer

São simples exercícios que devem ser feitos em uma certa sequência e em conjunto da respiração. O vídeo abaixo demonstra como são feitos:

Pontos importantes a serem considerados:

  • Os ritos podem desencadear um processo de desintoxicação no corpo, podendo causar leves dores de cabeça, mudança na coloração e odor da urina e suor, leves infecções das vias aéreas e dores nas articulações. É também por esta razão que as repetições devem ser gradualmente aumentadas até 21 vezes semanalmente. Entretanto, mesmo que esta eliminação de toxinas e sintomas são considerados naturais e temporários, é importante ter um acompanhamento médico caso os sintomas se estendam.
  • Se tens dificuldade de fazer a rotação por demasia tontura:
    • Rode o corpo lentamente.
    • Gire a cabeça como os dançarinos – mantendo o foco visual em um ponto, rodando o corpo, e somente no final do movimento girando a cabeça rapidamente para voltar a focar no ponto escolhido.
    • Foque somente nos outros 4 ritos por alguns meses até tentar o rito 1 novamente.
    • Progrida as repetições neste rito lentamente. Sem pressa.
  • Faça os ritos de forma controlada, enchendo os pulmões a cada respiração.
  • Seja paciente consigo em posições que não tenha facilidade em fazer. Não importa a sua idade, aos poucos você vai progredir.
  • Não se aborreça se não estiver determinado em pratica-los todos os dias durante meses. Os efeitos são como os de toda prática, vêm com a regularidade e de forma consistente e progressiva.
  • Não deixe de fazer os ritos por falta de tempo ou espaço. Estes exercícios requerem um espaço mínimo, e você pode diminuir as repetições de acordo com o seu tempo.
  • Poderá também utilizar os ritos como aquecimento à prática de Yoga.

 

Referências:

Lito, Raquel. “O médico que ensina a chegar aos 120 anos.” Ciência & Saúde, 03 de 10 de 2017.

Siegel, Peter Kelder/Prefácio de Bernie. A Fonte da Juventude . Best Seller, 1989.

Siegel, Peter Kelder/Prefácio de Bernie. A Fonte da Juventude Livro 2 . Best Seller, 2005.

Fotos capa – care2.com

Deixe uma resposta