cores do dia e meditação

Informação das cores

AFIRMAÇÃO DA CURA PELA RESPIRAÇÃO DA CÔR

Para se harmonizar, de forma consciente e profunda com a natureza, e poder sentir o seu poder curativo, deve-se estar harmonizado com as cores e seus ciclos. Deve-se desenvolver uma consciência interior profunda e em sintonia com as cores, uma conexão que faça ter a habilidade de, ao mentalizar a cor, fazer com que ela atue de imediato. Para que isso ocorra, sugere-se que a pessoa se harmonize com as cores e seus poderes, através da oração. Este é um dos caminhos e, talvez, o mais rápido.

Fazer as orações, de forma seguida, todos os dias, durante 49 dias é um dos meios pelos quais se consegue entrar nesta sintonia junto da natureza.

Inicie com a oração do vermelho e repita esta oração durante 7 dias seguidos (uma ou duas vezes durante o dia – pode ser de manhã e/ou ao deitar). Depois passe para o laranja e assim por diante. Quando encerrar o ciclo dos 49 dias, repita durante 7 dias a oração do branco. Encerre o ciclo com a Respiração Universal de Afirmação, a última desta sequência.

O processo pode ser repetido na íntegra, se achar necessário. Caso o interrompa, terá que iniciar de novo com o Raio Vermelho.

Trabalhar como terapeuta dá maiores e melhores resultados se o terapeuta estiver em sintonia com as cores. A oração das cores ajuda todos os seres no processo de cura e de sintonia com a natureza. Sintonizar-se com a natureza exige, também, uma certa dose de perseverança e sacrifício da parte do indivíduo para alcançar esta dádiva. Só assim se pode ter a certeza de estar no verdadeiro caminho. Os candidatos a serem Xamãs passavam longos anos da sua vida sendo testados de diversas formas. Quando transpunham as barreiras que se impunham, uma nova porta se abria.

Vivencie esta experiência através destas orações e constate as mudanças que decorrerão na sua vida. No fim este trabalho sentir-se-á com maior consciência e força.



1 - RAIO VERMELHO (Oração)

Ó Raios de Rubi,
Flui através de mim,
Flui através de mim,
E Energizai
Minha corrente sanguínea;
Minha corrente sanguínea;

Ó Raio de Rubi,
Estimulai,
Actvidade, Actividade;
E instilai
Uma Força de Ferro,
A digna Força de Ferro,

Ó Raios de Rubi,
Recarregai a minha Vontade,
Com a vossa Vontade,
Para a Saúde e para a Alegria,
Para Mim e para Todos –
Eu realizarei.

Respire os quentes, vitalizantes e magnéticos Raios de Rubi, como se eles viessem do coração vulcânico da Terra, para o ponto dolorido dos Pés e das Pernas.
Imagine o âmago da terra como um Rubi fulgurante, ou visualize apenas uma Jóia de Rubi aos seus pés, reluzindo o seu Poder radiante, o seu conforto, acima e através de você.
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” de Roland Hunt – Editora Pensamento

2 - RAIO LARANJA (Oração)

Ó libertador Alaranjado,
Ó Raios Flutuantes –
Bailai em mim,
Bailai em mim –
Balsâmicos, Restauradores,
Vontade Consciente,
Energia Consciente,
Além de todos os limites
Da mente Corporal.

Ó caloroso Alaranjado
Dissipai todo o Desânimo
E Males Afins –
Em mim a Saúde vibrará.

Ó Exaltante Alaranjado,
Raios Transmutadores,
Despertai, desdobrai,
Meus incipientes Poderes;
Concedei-me a Sabedoria
Produzi novos Poderes,
Produzi novos Poderes.

Assim como o Sol ilumina e aquece a Terra – ambos - o Sol e a Terra, esclarecem e animam seus filhos terrenos. Respire a Luz da Sabedoria! Envie mentalmente a todas as partes do seu corpo físico, a parte Rubra do Raio, e envie igualmente a parte Amarela do raio à sua Mente.
Imagine que parte do Vermelho deste raio concede o sentimento da força e da energia; o Amarelo faz sua mente dinâmica, alerta e bondosa. A última parte não deve ser esquecida; se falhar a boa vontade para com todos, você tornará a Cura ineficaz e pouco duradoura.
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” de Roland Hunt – Editora Pensamento

3 - RAIO AMARELO (Oração)

Ó Feixes Amarelos de Ouro,
Enriquecei minha Inteligência;
Fortalecei vossa Radiância-Solar,
A velha Sabedoria desabrocha em Juventude.

Fortalecei meu Plexo Solar
Para digerir, assimilar,
Inalando Átomos Dourados
De Alegria – todo Medo diminua.

Ó Raios de Açafrão do Prana da Sabedoria,
Flui na Dourada Circulação,
Alimentando as células com o Maná Cósmico,
Por toda a minha Inteireza.

Quando você se levanta de manhã, suficientemente vestido, poste-se diante de uma janela aberta e respire profundamente 20 vezes, inspirando e expirando lentamente.
Visualize, ao respirar, o Ar radiante-solar enriquecendo a Terra – as Correntes Douradas ao alcance da Terra e de todos os seus habitantes.
Veja a enchente de Luz Amarela inundando seu corpo, permeando e iluminando cada partícula dele.
Depois, prossiga com o seu tratamento específico ou com o seu dia de trabalho. Perceberá sem demora a melhoria surpreendente na circulação dos seus negócios, nas situações da sua vida quotidiana, não só material, mas também mentalmente.
Verifique por si mesmo. Não se apresse, não espere resultado imediato. Faça-o conscienciosa e sensivelmente.
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” de Roland Hunt – Editora Pensamento

4 - RAIO VERDE (Oração)

Ó Raio de Esmeraldina Simpatia
Sustém, desenvolve meu caprichoso Coração:
Suas cordas afinam em Sinfonia,
Ensina-me a desempenhar o meu papel com equilíbrio.

Ó Clorofílico Construtor, verdadeiro –
Força do Coração em campos e homens renova;
De Ti o tempo verdadeiro é oferecido
Ó Fortalece, latejo, o Ritmo.

A pulsação da Fraternidade recupera;
Traz para fora o mel, protegido, escondido,
Nos corações humanos agora livremente dado,
Doce alimento em Todos, para todos, sustenta!

Embriague-se com a delícia dos raios matinais que cintilam na relva como jóias; e também com o refrigério das verdes folhas após a chuva! Visualize a luz do Sol a resplandecer ao meio-dia por entre as árvores; e, finalmente, os oblíquos raios do crepúsculo bailando por entre os ramos. Aí está a Esmeralda da Natureza, flamejante Prana!
Embriague-se profundamente com os verdes raios, equilibrados entre o Ouro da Sabedoria e o Azul do Céu!
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” de Roland Hunt – Editora Pensamento

5 - RAIO AZUL (Oração)

Ó Tranquilo Raio de Safira Azul,
Acalma a minha Mente com novo consolo,
Com novo consolo;
Debela todas as Febres,
Com novo frescor, como orvalho refrescante;
Afina minha Fala, Ó Raio de Azul –
E fá-la verdadeira,
E fá-la verdadeira;

Ajuda-me a aprender, ó Raio de Azul –
Para descansar em Ti,
Para descansar em Ti;
Ajuda-me a aprender, ó Raio de Azul –
Para Falar de novo,
Para falar de novo;
Ajuda-me a aprender, ó Raio de Azul –
Para Cantar em Ti,
Para Cantar em Ti.

Imagine o Azul brilhante do céu das manhãs de Verão – limpo de nuvens no horizonte. Visualize você mesmo a beber esse claro Azul, não apenas com os pulmões mas com todos os sedentos poros do seu corpo.
Imagine você mesmo, se lhe apraz, como uma cotovia alegremente nas alturas da imensidão Azul do Verão, livre de dificuldades.
Ou quem sabe, você já voou alto num aeroplano, a Terra cá embaixo parecendo muito pequena, pouco importante e longínqua; o céu Azul deste modo expandindo-se e tudo abraçando, assim, por um instante, sua consciência e actividade encerrando-se nele?
Tente recapturar ou visualizar tal sentimento quando aspirar o celeste Azul.
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” de Roland Hunt – Editora Pensamento

6 - RAIO ÍNDIGO (Oração)

Ó profundos Raios de Índigo Azul,
Banhai meus Olhos, com meigo colorido –
Daí-me Visão, para ver de novo,
Daí-me Luz, para olhar a Verdade.

Ó Profundos Raios de Índigo Azul,
Banhai meus Ouvidos, com o mais profundo colorido,
Afinai meus ouvidos para ouvir de outro modo –
Ajustai minha Mente para escutar a Verdade.

Ó Profundos Raios de Índigo Azul,
Trazei-me nas horas de Devoção,
O Bálsamo, a Pureza em duchas mentais –
Libertai nova Fragrância das flores cerebrais,
Afastando para longe todas as folhas mortais.

Nos desertos do Arizona e do Saara é, muitas vezes, de claro Índigo o alto céu da meia-noite. As estrelas são duas vezes mais reais, o ar mais fresco que o melhor vinho do homem. Bebe profundamente deste Índigo encantado.
Ou, quem sabe, você já viu o cintilante Blauense, o Lago Azul da Suiça, ao pé de gigantescas quedas d’água? É um lago cristalino e as trutas nele são de brilhante Índigo-profundo.
Se quiser, imagine-se como uma dessas livres trutas, bebendo profundamente água e luz do flutuante Índigo, fluindo em s sobre a totalidade do seu corpo e mente.
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” - de Roland Hunt – Editora Pensamento

5 - RAIO VIOLETA (Oração)

Ó Raio do Zênite de Poder Violeta
Purifica meu sangue escuro com uma chuva de Púrpura,
Acalma meus nervos quando as paixões arderem,
Faz nascer a flor da verdadeira Inspiração.

Ó Raio de Ametista da Radiação do Espírito
Toca o acorde da cadência de minh’alma,
Faz nascer a Poesia, a Música e a Fragrância
Unidas numa Arte – nenhuma sem objectivo.

Ó Labareda Violeta no abrigo da Meditação
Reflecte em mim o ardente poder da Intuição,
As sombras mentais não mais dotarão
Tua mística, petalada Flor de Lótus.

A humilde, a moderna, a frágil Violeta
Mostra arrogância: “O Poder está na Vontade.”
Guia os egos desde os escuros caminhos da noite
Com uma Luz prestadia, altruísta, infinita.

Sobre o deserto, ao pôr-do-Sol, estende-se de quando em vez um véu da mais pura Ametista, que suaviza as cruas luzes do dia.
Sem demora, o crepúsculo aprofunda os tons serenos de Violeta, que se estendem pelo Firmamento.
Todo o mundo acalma-se com sua mágica. Ele é seu, em plena tranquilidade. Aceita silenciosamente a dádiva do Supremo Médico e Artista.
Em jubilosa reverência, aspira seu tônico salutar para cada nervo e fibra, sua inspiração para cada célula intuitiva, a fim de elevar a nutrir toda vida espiritual.
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” de Roland Hunt – Editora Pensamento

8 - MAGENTA = RAIO BRANCO (Oração)

Ó Ofuscante Branco, Puro Raio Sereno –
Eleva minh’Alma para encontrar Teu Brilho;
Preenche cada Átomo de Supremo Poder,
Faz que a Vida, cheia de pensamentos negativos,
Pareça apenas um sonho.

Ó Resplendente Pai, Sete Raios em Um –
Ensina-me a luzir meu Sol Oculto;
A arrepender-me, a Exultar como o Filho Pródigo –
De volta a casa, com a Vida nos Sete planos iniciada.

Ó Poderoso Raio, Onisciente Poder –
Teu Arco-íris encerra o perfume celestial do Homem e da Flor;
A música cósmica se funde em Ti
Em Fragrante e Radiante Sinfonia

Ó Arco Transmutador-Protetor, liberta
Todos os talentos limitantes, agora ilimitados.
O Amor unido à Força, não mais discordes,
Circundam a Vastidão do Universo.

Abandona os pensamentos agitados e expande-se na calma profunda.
Respira profundamente. Eleva todo o poder e a energia que tens sob teu comando até o verdadeiro pico-zênite de tua consciência, até que todo o Branco do teu interior resplandeça para encontrar a primeira cintilação do Branco Divino que desce.
Respira profundamente e multiplica esta Luz Branca. – Envolve-te no seu Poder de Proteção. Coloca o amigo que desejas curar bem no centro da Luz. Divide-a depois entre todos os doentes do mundo.
Do livro “As Sete Chaves da Cura pela Cor” de Roland Hunt – Editora Pensamento

9 - PRATEADO / DOURADO = RESPIRAÇÃO UNIVERSAL DE AFIRMAÇÃO (Oração)

Ó Tu, Radiante Espírito do Divino Amor,
Entra na minha consciência Íntima;
Ó Tu, Espírito do Divino Amor,
Reside no meu Coração;
Que o Amor possa fazer Radiante
Cada Pensamento,
Cada Palavra,

Cada Acção,
Sempre a brilhar,
Como Farol para os meus Irmãos,
Irradiando
Alegria –
Paz –
Poder!

Acontecem por vezes, nos Alpes, Auroras e Crepúsculos que resplandecem nas neves altíssimas dos Picos. Visualizemos essa cálida incandescência dos Picos a espalhar-se pela Terra inteira, para todos os seus habitantes. Aspiremos como quem paira nas fulgentes Alturas; exalemos a radiância e a boa vontade muito acima do Horizonte. A última parte não eve ser esquecida, pois, sem boa vontade para com todos, vocês tornarão a Cura ineficaz e impermanente.
Do livro “What Colour Means to You”, de Ivah B. Whitten.